PACIENTES SUBMETIDOS A VENTILACAO MECÂNICA INVASIVA PROLONGADA NAS UTI: MOBILIZAÇÃO PRECOCE E SEUS EFEITOS

Autores

  • Lenara Fernanda Gomes de SOUZA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Leonardo MARTEVI Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Renata Cristina de Angelo Calsaverini LEAL Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec

Palavras-chave:

Serviço hospitalar de fisioterapia, Ventilação mecânica, Fraqueza muscular, Mobilização precoce

Resumo

Introdução:A ventilação mecânica invasiva (VMI) é um procedimento médico ao qual o paciente é submetido devido a incapacidade de respirar sozinho, durante a VMI o mesmo permanece completamente ou parcialmente sedado. Por ação desta sedação o paciente é submetido a longos períodos de imobilidade no leito hospitalar e essa imobilidade prolongada causa uma perca de massa muscular devido ao desuso, enrijecimento das articulações e mais a longo prazo deformidades articulares. Objetivo:Diante do exposto este estudo visa demonstrar por meio da literatura como a mobilização precoce na musculatura esquelética, pode interferir positivamente nos desfechos de pacientes submetidos à ventilação mecânica invasiva prolongada nas unidades de terapia intensiva, minimizando as complicações. Metodologia:As buscas foram realizadas nas bases de dados: Scielo, Pubmed, MedLine e Lilacs, nos idiomas português e inglês com data de publicação entre 2012 a 2022. Conclusão:Conclui-se portando por meio desta pesquisa artigos que confirmam os benefícios da MP e comprovam a importância da utilização deste método de forma integrada à equipe de fisioterapeutas intensivistas.

Downloads

Publicado

2022-11-10

Como Citar

SOUZA, L. F. G. de, MARTEVI, L., & LEAL, R. C. de A. C. (2022). PACIENTES SUBMETIDOS A VENTILACAO MECÂNICA INVASIVA PROLONGADA NAS UTI: MOBILIZAÇÃO PRECOCE E SEUS EFEITOS. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 13(13). Recuperado de https://seer.unifunec.edu.br/index.php/forum/article/view/5700

Edição

Seção

CIÊNCIAS DA SAÚDE E BIOLÓGICAS