EFEITOS NEUROLÓGICOS DO QUADRO PÓS-COVID

Autores

  • Beatriz Fernanda PRETO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Gabriela Namie Atarashi CASTELÃO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Lais Eduarda Iralas dos Santos RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Lais Eduarda Iralas dos Santos RODRIGUES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Sofia Garcia MACEDO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Elaine Doro Mardegan COSTA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec

Palavras-chave:

Covid-19, SARS-Cov2, Manifestações neurológicas, Sistema nervoso

Resumo

Este artigo tem como objetivo geral entender a patologia e as principais sequelas neurológicas do quadro pós-covid. Metodologicamente, foi realizada uma revisão integrativa bibliográfica, com 5 artigos para análise. Adotou-se delimitação temporal cujos critérios foram os descritores dos estudos publicados nas bases de dados Pubmed, Scielo e BVSALUD, nos últimos dois anos, 2020 e 2021. Os resultados da pesquisa de acordo com a coleta de dados, indicam que a Covid-19 além de ser uma doença de cunho respiratório, também causa desordens neurológicas, com maior propensão a doenças cerebrovasculares. Essas doenças neurológicas são aquelas com anormalidade no cérebro, medula espinhal ou terminações nervosas e a encefalite (infecção do encéfalo devido a infecção viral por SARS-CoV- 2). Coube ao estudo salientar que o acometimento do sistema nervoso central (SNC), pode ser classificado quanto à sua severidade, que por sua vez, se dá de três formas distintas, sendo por meio de disseminação transináptica, disseminação através da barreira hematoencefálica ou por meio da lesão imunomediada. Observou-se ainda com o estudo que 36,4% dos pacientes que obtiveram Covid-19, apresentaram manifestações neurológicas ou se tornaram mais propensos à doença cerebrovascular e encefalopatia necrosante após quadro infeccioso de alto grau e ainda exigiram tempo maior de internação ao comparar com pacientes que não apresentaram essa disfunção neurológica. Logo, a magnitude da doença neurológica no quadro pós Covid-19 ainda representa área de estudo ampla, sendo importante aprofundar os estudos uma vez que a infecção grave pelo vírus SARS-Cov2 afeta a vida da população ao tornar-se persistente e pode levar a óbito.

Downloads

Publicado

2022-11-10

Como Citar

PRETO, B. F. ., CASTELÃO, G. N. A., RODRIGUES, L. E. I. dos S., RODRIGUES, L. E. I. dos S., MACEDO, S. G. ., & COSTA, E. D. M. . (2022). EFEITOS NEUROLÓGICOS DO QUADRO PÓS-COVID. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, 13(13). Recuperado de https://seer.unifunec.edu.br/index.php/forum/article/view/5725

Edição

Seção

CIÊNCIAS DA SAÚDE E BIOLÓGICAS