AVALIAÇÃO DE CONJUNTO MOTOBOMBA PARA IRRIGAÇÃO COM FONTE ALTERNATIVA DE ENERGIA E MONITORAMENTO DA ÁGUA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24980/ucm.v11i13.5537

Palavras-chave:

Sólidos solúveis, Hidrogênio, Sólidos suspensos, Método flutuador

Resumo

A necessidade de aumentar a produção agropecuária está cada vez maior, visto que a demanda populacional cresce exponencialmente, contudo, as condições de manejo ficam inacessíveis quando falta água e umas das formas de inibir essa barreira é com irrigação, permitindo estender a produção em períodos extensos de seca. O objetivo deste estudo é avaliar a economia de combustível de um sistema alternativo e monitorar o corpo hídrico de captação de água. Os materiais de uso foram uma motobomba com adaptação para hidrogênio gasoso, flutuador, estufa e balanças de precisão. A metodologia utilizada para os estudos sobre a fonte energética foram:  medição de consumo, efetuada através de sete repetições de testes comparando-se hidrogênio em conjunto com gasolina e somente gasolina em função da vazão da bomba d’água comparadas através de taxa variável e coeficiente de Pearson em um conjunto motobomba de 20 cavalos de potência, movido a gasolina e hidrogênio. As análises para qualidade da água foram de sólidos suspensos e dissolvidos avaliados mensalmente no laboratório de química do Centro Universitário de Santa Fé do Sul-SP (Unifunec) pelo método físico, a vazão foi determinada pelo método flutuador com dados levantados mensalmente ambos por um período de oito meses.  Os resultados desses monitoramentos demonstraram que houve economia de 37,5% de gasolina quando adicionado hidrogênio, além desses, a maior diminuição de sólidos e vazão do manancial foram nos meses de junho, julho e agosto. Conclui-se que o hidrogênio é uma fonte alternativa de energia e que a chuva interfere diretamente no escoamento superficial dos sólidos assim como de sua vazão.

 

EVALUATION OF A MOTOR PUMP SET FOR IRRIGATION WITH ALTERNATIVE ENERGY SOURCE AND WATER MONITORING

 

ABSTRACT

The demand for increased agricultural and livestock production is increasing, since population demand grows exponentially; however, management conditions become inaccessible when there is a lack of water, and one of the ways to inhibit this barrier is through irrigation, allowing production to be prolonged during long periods of drought. The objective of this study is to evaluate the fuel efficacy of an alternative system and to monitor the water catchment of the water body. The material used was a motor pump with adapted for hydrogen gas, float, oven and precision scales. The methodology used for the studies about the energy source were: consumption measurement, made through seven repetition tests comparing hydrogen together with gasoline and only gasoline as a function of the water pump flow compared through variable rate and Pearson coefficient in a 20 horsepower motor pump set powered by gasoline and hydrogen. The analyses of water quality were of suspended and dissolved solids evaluated monthly in the chemistry laboratory of the University Center of Santa Fé do Sul-SP (Unifunec) by the physical method, the flow was determined by the float method with data collected on a monthly basis both for a period of eight months. The monitoring results showed that there were savings of 37.5% of gasoline when hydrogen was added, in addition to these, the greatest reduction of solids and water flow were in the months of June, July and August. It is concluded that hydrogen is an alternative energy source and that rainfall directly interferes in the runoff of solids as well as its flow.

 

Keywords: Soluble solids. Hydrogen. Suspended solids. Float method.

Referências

ANA - Agência Nacional Das Águas E Saneamento Ambiental. Capacitação de profissionais integrantes dos órgãos gestores de recursos hídricos do Estado do Ceará para o PISF. Brasília, novembro de 2011.

BEZERRA. J. et al. Medição de vazão em um canal fluvial utilizando o método do flutuador. II Congresso Internacional das Ciências Agrárias, COINTER – PDVAgro. 2017. Disponível em: http://cointer-pdvagro.com.br/wp-content/uploads/2018/02/MEDI%C3%87%C3%83O-DE-VAZ%C3%83O-EM-UM-CANAL-FLUVIAL-UTILIZANDO-O-M%C3%89TODO-DO-FLUTUADOR-086191-1.pdf. Acesso em 11 ago. 2021.

CASTRO, M. T. de; SOUZA, M. G. de; CASTRO, A. de O. Renewable energy: wind energy, its effects and environmental gains. Journal of Engineering and Technology fo Industrial Applications, v. 5, n. 19, p. 103-108, 2019. Disponível em: https://itegam-jetia.org/journal/index.php/jetia/article/view/501. Acesso em 11 maio 2021

CGEE - Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Hidrogênio energético no Brasil: subsídios para políticas de competitividade, 2010-2025; Tecnologias críticas e sensíveis em setores prioritários – Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2010. 68 p. (Série Documentos Técnicos, ago. 2010 - Nº 07). Disponível em: https://www.cgee.org.br/documents/10195/11009594/Hidrogenio_energetico_completo_22102010_9561.pdf/367532ec-43ca-4b4f-8162-acf8e5ad25dc?version=1.6

FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JUNIOR, J. A. Desvendando os mistérios do coeficiente de correlação de Pearson®. Revista Política Hoje, v. 18, n. 1, 2009. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/politicahoje/article/view/3852/3156. Acesso em 11 maio 2021.

FERNANDES, G. A importância agronômica para agricultura no estado de Goiás. 2019. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Centro Universitário de Goiás – UniANHANGUERA, 2019. Disponível: https://repositorio.anhanguera.edu.br:8080/jspui/bitstream/123456789/158/1/GABRIELLA%20MILENA.pdf. Acesso em 11 maio 2021.

GOLDEMBERG, J. Pesquisa e desenvolvimento na área de energia. São Paulo em Perspectiva, v. 14, n. 3, p. 91-97, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-88392000000300014. https://doi.org/10.1590/S0102-88392000000300014. Acesso em: 11 maio 2021.

MELO. M. et al. Qualidade da água para a irrigação, a sustentabilidade de uma bacia hidrográfica - Riacho Queima Pé, Tangará da Serra/MT. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 21, n. 76, p. 16–27, 2020. DOI: 10.14393/RCG217646064. Disponível em: 11 maio 2021.

PEREIRA PARREIRA, T.; OLIVEIRA SANTOS, G.; FRANCHINI DOS SANTOS, A. R. Qualidade e disponibilidade da água para irrigação no Córrego do Sapo, Rio Verde, Goiás. Caminhos de Geografia, Uberlândia, MG, v. 18, n. 64, p. 34–46, 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/40907.11 de maio de 2021.

REIS, P. Vantagens e desvantagens da energia eólica. Disponível em: https://www.portal-energia.com/vantagens-desvantagens-da-energia-eolica. Fev 10, 2019. Acesso em: 11 de maio de 2021.

SANTOS, J. G. dos et al. Análise Parasitológica em Efluentes de Estações de Tratamento de Águas Residuárias. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 41, n. 3, 2012. DOI: 10.5216/rpt.v41i3.20752. Disponível em: https://revistas.ufg.br/iptsp/article/view/20752.

SILVA, R. G.; CARMO, M. J. do. Energia solar fotovoltaica: uma proposta para melhoria de gestão energética. InterSciencePlace – International Scientific Journal, v.2, n.12, April/June, 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.6020/1679-9844/v12n2a8. Acesso em: 11 maio 2021.

SILVA, S. N. da; NEVES, E. das. Importância do manejo da irrigação. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer, v.17 n.34; p. 3-18, 2020 Disponível: http://www.conhecer.org.br/enciclop/2020D/importancia.pdf 11 de maio de 2021.

SOUZA, F. A. O. de et al. Caracterização das vazões em uma pequena bacia hidrográfica do Distrito Federal, Brasil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v. 16, n. 1, 2012. p. 10-17, 2012.Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1415-43662012000100002. Acesso em: 11 maio 2021

VARGAS, R. et al. Hidrogenio: o vetor energetico do futuro?. In: Congresso de Administracao da Faculdade Alfacastelo, 1., 16-18 de maio, 2006, Alphavile, SP. Anais.. 2006. Disponível em: http://repositorio.ipen.br/handle/123456789/13237. Acesso em: 11 maio de 2021.

WOLLMANN, F. Estudo da utilização de gás hidrogênio em veículos automotores. 2013. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, Panambi, RS, 2013. Disponível em: https://bibliodigital.unijui.edu.br:8443/xmlui/bitstream/handle/123456789/1877/TCC%20-%20VERSAO_FINAL.pdf?sequence=1? Acesso em 11 ago. 2021.

ZOU K. H.; TUNCALI, K.; SILVERMAN, S. G. Correlation and simple linear regression. Radiology, v.227, n.3, 2003, p. 617-22. Disponível: http://dx.doi.org/10.1148/ radiol.2273011499. PMid:12773666. Acesso em: 11 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2022-11-24

Como Citar

DAL RI, G. R.; FERREIRA, H. de P. .; MACHADO, D. A.; APARECIDO, C. F. F. AVALIAÇÃO DE CONJUNTO MOTOBOMBA PARA IRRIGAÇÃO COM FONTE ALTERNATIVA DE ENERGIA E MONITORAMENTO DA ÁGUA. UNIFUNEC CIENTÍFICA MULTIDISCIPLINAR, Santa Fé do Sul, São Paulo, v. 11, n. 13, p. 1–11, 2022. DOI: 10.24980/ucm.v11i13.5537. Disponível em: https://seer.unifunec.edu.br/index.php/rfc/article/view/5537. Acesso em: 29 nov. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)