ASPECTOS RELEVANTES DO USO INDISCRIMINADO DE FÁRMACOS PARA PERDA DE PESO

Autores

  • Jaguaci Souto Borges de OLIVEIRA
  • Karina Dias de CARVALHO
  • Raissa Martins Barbosa GONÇALVES
  • Suelen Delanio Bícaro VANZIN

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal discutir sobre o uso indiscriminado de fármacos para perda de peso, demonstrar as possí­veis reações adversas, destacar algumas irregularidades nas vendas e prescrições, além de definir obesidade e indicar formas de tratamento. A obesidade é uma enfermidade crônica considerada um grave problema de saúde pública, caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura, comprometendo a saúde do indivíduo e responsável pelo surgimento de outras doenças e/ou comorbidades debilitantes. A terapia nutricional é baseada em um planejamento de reeducação alimentar, com restrições calóricas moderadas e gradativas, associada ao exercí­cio físico. Se as modificações no estilo de vida forem insuficientes, pode-se adotar a farmacoterapia como tratamento adicional, mas somente para pacientes com obesidade acentuada ou que apresentarem desenvolvimento de comorbidades debilitantes associada ao sobrepeso. A terapia farmacológica deve ser analisada e regulamentada pelos órgãos que a controla, devido à generalização da prescrição de fármacos, ao uso irracional dos agentes disponíveis, aos abusos na comercialização, à falta de crença na orientação do tratamento nutricional. Cada fármaco apresenta uma composição farmacológica, podendo causar efeitos colaterais graves, como arritmias cardí­acas, surtos psicóticos e dependências fí­sica e quí­mica. Portanto, a utilização deve ser criteriosa, somente em situações especiais e sempre seguindo orientações médicas especializadas. Para um fármaco ser considerado seguro deve ser possí­vel analisar a redução do peso corporal, melhorar as doenças associadas ao excesso de peso, possuir efeitos adversos toleráveis, demonstrar ser seguro e eficaz mantendo isso a longo prazo, ter custo razoável e seu mecanismo de ação conhecido. 

Downloads