PREMATURIDADE E ERUPÇÃO DENTAL: REVISÃO DA LITERATURA

Autores

  • Lara Felicio de PAULA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Thaila Luiza Fosch STANG Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Max Douglas FARIA Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec

Palavras-chave:

Prematuridade, hipoplasia de Esmalte, má formação dentária

Resumo

Parto pré-termo, também denominado parto prematuro, é o parto de um bebê antes das 37 semanas de idade gestacional. Estes bebês são denominados prematuros. Os sinais e sintomas de um parto pré-maturo incluem as contrações uterinas em intervalos menores a dez minutos principalmente a perda de líquido pela vagina. Os bebês prematuros na maioria das vezes podem apresentar um risco acrescido de paralisia cerebral, atraso no desenvolvimento, problemas de audição e problemas de visão. Está sendo diagnosticado também em bebes prematuros, má formações dentárias, a nível de estrutura de esmalte, dentre elas a hipoplasia de esmalte se destaca. A literatura científica, mostra-se cada vez mais empenhada a discutir esta relação hipoplásica do esmalte dentário com a prematuridade. Assim o objetivo deste trabalho é de realizar uma revisão de literatura, abordando esta relação, o tratamento e sua etiologia específica.

Downloads

Publicado

2021-04-05

Como Citar

PAULA, L. F. de ., STANG, T. L. F., & FARIA, M. D. . (2021). PREMATURIDADE E ERUPÇÃO DENTAL: REVISÃO DA LITERATURA. ANAIS DE ODONTOLOGIA DO UNIFUNEC - SEM CIRCULAÇÃO, 7(7). Recuperado de https://seer.unifunec.edu.br/index.php/AJOF/article/view/5126

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>