CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA ESCOLAR PARA AS PRÁTICAS INCLUSIVAS

Autores

  • Adaradandara André ALVES Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Dalva Alice Rocha MOL Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec

DOI:

https://doi.org/10.24980/ucsb.v4i7.5187

Palavras-chave:

Escola, Inclusão escolar, Psicologia escolar

Resumo

A educação inclusiva tem foco na cidadania, em que o processo amplia a participação de todos os estudantes nos estabelecimentos de ensino regular. A prática inclusiva propõe-se receber todas as pessoas, sem restrições dentro do ambiente escolar, independentemente da sua condição física e/ou psicológica, pois todos têm o direito de ter acesso ao sistema de ensino. O trabalho do psicólogo escolar é preparar os profissionais envolvidos, oferecer apoio familiar e suporte à comunidade discente. O artigo teve como objetivo apresentar as contribuições do psicólogo no processo de inclusão escolar. A metodologia utilizada foi a revisão integrativa, com base em artigos publicados entre 2009 e 2019, realizada na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Assim, os resultados apontam a contribuição do psicólogo no processo de inclusão escolar e indicam as dificuldades encontradas. O psicólogo escolar atua como agente transformador que, através de seus conhecimentos, possibilita a promoção de ações interventivas de respeito às diferenças. Concluiu-se que as contribuições do psicólogo escolar no processo de inclusão dependem do seu embasamento teórico e de um ambiente escolar que permita que o profissional faça suas intervenções, buscando a valorização das potencialidades do indivíduo e a diminuição dos riscos do fracasso na escola.

 

EDUCATIONAL PSYCHOLOGY CONTRIBUTIONS TO INCLUSIVE LEARNING

 

ABSTRACT

Inclusive education focuses on citizenship in which the process expands the participation of all students from mainstream educational institutions. Inclusive learning proposes to welcome all people, with no restrictions in the school environment, regardless of their physical and/or psychological condition, since everyone has the right to be granted access to the education system. The role of the educational psychologist is to prepare the professionals involved, and provide support for either the families or the student’s community. This paper aims at presenting the psychologist’s contributions to the inclusive learning process. It is an integrative review, based on articles published between 2009 and 2019, at the Virtual Health Library (VHL). Thus, the results validated the contribution of the psychologist to the process of inclusive learning and indicated the difficulties encountered. The educational psychologist acts as a transformative agent that, through his knowledge, promotes interventional actions regarding their differences.  It was concluded that the contributions of the educational psychologist to the inclusive process depends on their theoretical background and a school environment where their interventions are warranted, pursuing the appreciation of the individual’s potential, and reducing their risk of failure at school.  

 

Descriptors: School. Inclusion. Educational Psychology.

Referências

Brasil. Ministério da Educação. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Inclusão: revista da educação especial [Internet] 2009;4(1):7-17. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwj-rpWpi47xAhWpnpUCHTLjAdMQFjAAegQIAhAD&url=http%3A%2F%2Fportal.mec.gov.br%2Farquivos%2Fpdf%2Fpoliticaeducespecial.pdf&usg=AOvVaw2uUG7-LxbYliE4Yl5aeFtR

Declaração de Salamanca: Sobre princípios, políticas e práticas na área das necessidades educativas especiais, 1994, Salamanca-Espanha. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&ved=2ahUKEwjTwtGw2I_xAhU5IbkGHTCJDSQQFjALegQIHBAE&url=https%3A%2F%2Fpnl2027.gov.pt%2Fnp4%2F%257B%24clientServletPath%257D%2F%3FnewsId%3D1011%26fileName%3DDeclaracao_Salamanca.pdf&usg=AOvVaw0nTzSxGjWoR4KpqNlKxfvY

Sartorreto ML. Inclusão escolar, um direito de todos alunos, com e sem deficiência. Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho [homepage na internet] 2017. Disponível em: http://www.fmss.org.br/artigo-inclusao-escolar-um-direito-de-todos-alunos-com-e-sem-deficiencia/

Brasil. Ministério da Educação e do Desporto. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394 de 20 de novembro de 1996 [lei na internet] Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm

Camargo EPde. Inclusão social, educação inclusiva e educação especial: enlaces e desenlaces. Ciência & Educação (Bauru) [internet]. 2017;23(1):1-6. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1516-731320170010001

Benitez P, Domeniconi C. Atuação do psicólogo na inclusão escolar de estudantes com autismo e deficiência intelectual. Psicologia Escolar e Educacional [internet]. 2018;22(1):163-172. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2175-35392018013926

Batista M.W, Enumo S.R.F. Inclusão escolar e deficiência mental: análise da interação social entre companheiros. Estudos de Psicologia (Natal) [internet]. 2004;9(1):101-111. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-294X2004000100012

Gomes C, Souza V.L.T. Psicologia e inclusão escolar: reflexões sobre o processo de subjetivação de professores. Psicologia: Ciência e Profissão [internet]. 2012;32(3):588-603. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1414-98932012000300006

Martinez A.M. Psicologia Escolar e Educacional: compromissos com a educação brasileira. Psicol. Esc. Educ. [internet]. 2009;13(1):169-177. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572009000100020&lng=pt&nrm=iso

Silva A.M.da, Mendes E.G. Psicologia e inclusão escolar: novas possibilidades de intervir preventivamente sobre problemas comportamentais. Revista Brasileira de Educação Especial [internet]. 2012;18(1):53-70. Disponível em:

https://doi.org/10.1590/S1413-65382012000100005

Aquino F.S.B, Lins R.P.S, Cavalcante L.A, Gomes A.R. Concepções e práticas de psicólogos escolares junto a docentes de escolas públicas. Psicologia Escolar e Educacional [internet]. 2015;19(1):71-78. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/2175-3539/2015/0191799>. ISSN 2175-3539. https://doi.org/10.1590/2175-3539/2015/0191799.

Braz-Aquino F.deS., Ferreira I.R.L., Cavalcante L.deA. Concepções e Práticas de Psicólogos Escolares e Docentes acerca da Inclusão Escolar. Psicologia: Ciência e Profissão [internet]. 2016; 36(2):255-266. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1982-3703000442014

Dazzani M.V.M. A psicologia escolar e a educação inclusiva: Uma leitura crítica. Psicologia: Ciência e Profissão [internet]. 2010;30(2):362-375. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1414-98932010000200011

Nascimento L.R. Encontros possíveis entre psicologia e educação para a inclusão escolar. Arq. bras. psicol. [Internet]. 2019;71(1):6-18. Disponível em: http://dx.doi.org/10.36482/1809-5267.ARBP2019v71i1p.6-18

Downloads

Publicado

2021-06-11

Como Citar

ALVES, A. A. ., & MOL, D. A. R. (2021). CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA ESCOLAR PARA AS PRÁTICAS INCLUSIVAS. UNIFUNEC CIÊNCIAS DA SAÚDE E BIOLÓGICAS, 4(7), 1–8. https://doi.org/10.24980/ucsb.v4i7.5187