MAPEAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DA ÁREA RURAL DO MUNICÍPIO DE SANTA ALBERTINA – SP: LEVANTAMENTO TÉCNICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24980/ucm.v11i13.4211

Palavras-chave:

Expansão agrícola, Georreferenciamento, Imagens de satélite, Levantamento topográfico

Resumo

O uso e ocupação do solo nos permite identificar, planejar e prever eventos naturais e antrópicos como qualidade e quantidade de área, aptidão agrícola da região, culturas implantadas em expansão e perspectivas de mercado. O levantamento desse uso é fundamental para uma boa gestão de seus recursos, possibilitando maior renda, melhor tomada de decisão e uso mais sustentável. O objetivo do trabalho foi realizar o levantamento das mudanças da ocupação da área rural do município de Santa Albertina-SP, verificando os dados histórico de imagens de satélites do município. Os dados levantados foram do uso da ocupação do solo agrícola, conservação das áreas de preservação permanente e reserva legal. A pesquisa usou imagens de satélite SIRGAS 2000 do Google Earth Pro e para o geoprocessamento o software QGis 2.18 La Palmas. Os resultados da pesquisa apresentaram aumento de 61% na área de cana-de-açúcar do ano de 2010 para 2020 e uma redução de 19% na área de pastagem do ano de 2010 para 2020, as áreas de mata se mantiveram e setores como citros 84% e banana 88% de redução do ano 2010 para o ano de 2020 e em seringueira, ecoturismo, região urbana e região industrial houve um aumento (21%, 20% e 64%, respectivamente) do ano 2010 para o ano 2020. Conclui-se que, de acordo com o estudo do mapeamento, pode-se avaliar o desenvolvimento econômico das áreas e diagnosticar as culturas e atividades que estão em expansão e redução territorial.

 

MAPPING OF THE USE AND USE OF THE SOIL IN THE RURAL AREA OF THE MUNICIPALITY OF SANTA ALBERTA–SP: TECHNICAL SURVEY

 

ABSTRACT

The soil use and occupation allows us to identify, plan and predict natural and anthropic events such as area quality and quantity, agricultural aptitude of the region, growing crops and market perspectives. The inventory of this use is fundamental for a good management of its resources, enabling higher income, better decision making, and a more sustainable use. The aim of the paper was to carry out a survey of the changes in the rural area occupation in the municipality of Santa Albertina-SP, comparing the historical data from satellite images of the municipality. The data collected were on the use and occupation of agricultural land, conservation of permanent preservation areas, and legal reserves. The research used SIRGAS 2000 satellite images from Google Earth Pro and for geoprocessing the QGis 2.18 La Palmas software. The findings of the survey showed a 61% increase in the sugarcane area from the year 2010 to 2020 and a 19% reduction in the pasture area from the year 2010 to 2020, the forest areas were maintained and sectors like citrus 84% and banana 88% reduction from the year 2010 to the year 2020 and in rubber trees, ecotourism, urban region and industrial region there was an increase (21%, 20% and 64%, respectively) from the year 2010 to the year 2020. It is concluded that, according to the mapping study, we may evaluate the economic development of the areas and diagnose the crops and activities that are expanding and reducing territorially.

 

Keywords: Agricultural expansion. Georeferencing. Satellite images. Topographic survey.

Referências

ALVES, E.; ROCHA, D. P. Ganhar tempo é possível? In: GASQUES, J. G.; VIEIRA FILHO, J. E. R.; NAVARRO, Z. (Org.). A agricultura brasileira: desempenho, desafios e perspectivas. Brasília: Ipea, 2010. p. 275-290.

FORNAZIER, A.; VIEIRA FILHO, J. E. R. Heterogeneidade estrutural na produção agropecuária: uma comparação da produtividade total dos fatores no Brasil e nos Estados Unidos. Brasília: Ipea, 2013. (Texto para Discussão, n. 1819).

GASQUES, J. G. et al. Total factor productivity in Brazilian agriculture. In: FUGLIE, K. O.; WANG, S. L.; BALL, V. E. (Ed.). Productivity growth in agriculture: an international perspective. Oxfordshire: CAB International, 2012. p. 145-162.

DNIT, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes. Disponível em: https://servicos.dnit.gov.br/dnitcloud/index.php/s/oTpPRmYs5AAdiNr?path=%2FSNV%20Bases%20Geom%C3%A9tricas%20(2013-Atual)%20(SHP). Acesso em: 05 nov. 2019.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/santa-albertina/panorama. Acesso em 04 nov 2019.

MINISTÉRIO do Desenvolvimento Social (MDS). 2018. Disponível em: https://www.gov.br/cidadania/pt-br/noticias-e-conteudos/desenvolvimento-social

PMDRS, Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável vigência 2010 a 2013. Casa da Agricultura de Santa Albertina e escritório de Desenvolvimento Rural Regional Jales.

SENAR. Manejo de pastagens. 2. ed. Brasília: SENAR, 2012. 34 p. (Coleção SENAR).

VIEIRA FILHO, J. E. R. Grupos de eficiência tecnológica e desigualdade produtiva na agricultura brasileira. In: ALVES, E. R. A.; SOUZA, G. S.; GOMES, E. G. Contribuição da Embrapa para o desenvolvimento da agricultura no Brasil. Brasília: Embrapa, 2013. p. 141-178.

Downloads

Publicado

2022-08-30

Como Citar

BIANCHO, L. E.; DONATONI, K. A. P. .; CARVALHO, J. B. de .; APARECIDO, C. F. F. MAPEAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DA ÁREA RURAL DO MUNICÍPIO DE SANTA ALBERTINA – SP: LEVANTAMENTO TÉCNICO. UNIFUNEC CIENTÍFICA MULTIDISCIPLINAR, Santa Fé do Sul, São Paulo, v. 11, n. 13, p. 1–11, 2022. DOI: 10.24980/ucm.v11i13.4211. Disponível em: https://seer.unifunec.edu.br/index.php/rfc/article/view/4211. Acesso em: 28 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)