AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE CALOUROS DE MEDICINA ANTES E APÓS TREINAMENTO SOBRE SUPORTE BÁSICO DE VIDA NO ADULTO

Autores

  • Thayna Moreira Blanco KATER Faculdade Ceres - Faceres
  • Fernando Augusto Alves ROBERTO Faculdade Ceres - FACERES
  • Giovanna Gonçalves de LIMA Faculdade Ceres - FACERES
  • Alfredo de PAULA NETO Faculdade Ceres - FACERES
  • Janaina Benatti de Almeida OLIVEIRA Faculdade Ceres - FACERES
  • Renata Prado BERETA-VILELA Faculdade Ceres – FACERES

DOI:

https://doi.org/10.24980/ucm.v11i13.5637

Palavras-chave:

Reanimação cardiopulmonar, Emergências, Educação médica, Aprendizagem, Educação

Resumo

Introdução: A parada cardiorrespiratória (PCR) é caracterizada pela ausência de resposta, de pulso e de respiração normal. Aproximadamente 60% dos casos de PCR extra-hospitalares ocorrem no domicílio. O suporte básico de vida (SBV) imediato e de alta qualidade é imprescindível para a sobrevivência do indivíduo. Objetivo: Comparar e correlacionar o conhecimento de calouros de medicina antes e após treinamento sobre SBV no adulto. Método: estudo quantitativo, transversal, prospectivo, realizado com acadêmicos do primeiro semestre do curso de medicina de uma faculdade privada do Noroeste Paulista. Foi aplicado o mesmo questionário estruturado elaborado pelos autores antes e após um treinamento teórico virtual sobre SBV no adulto. Foram seguidas as diretrizes da AHA. Os resultados foram apresentados na forma de frequência, proporções e para os testes de correlação de significância estatística, utilizaram-se os testes Mann Whitney, Shapiro-Wilk, exato de Fisher e Qui quadrado de Pearson, utilizando como parâmetro de significância p <0,05. Resultados: A amostra compreendeu 35 participantes. A nota média antes do treinamento foi 5,6/10 pontos e, após o treinamento, foi 8,5/10 pontos, representando uma melhoria de 51,7% no conhecimento dos estudantes. Em relação a correlação estatística, 11 questões apresentaram p<0,05 quando comparadas antes e após o treinamento. Conclusão: O estudo em questão conferiu resultado positivo na aprendizagem dos alunos, além de destacar a importância do tema para eles. Após a aula, a maioria dos participantes declarou se sentir preparada para ajudar no atendimento a uma parada cardiorrespiratória.

 

AN ASSESSMENT OF MEDICAL SCHOOL FRESHMEN'S KNOWLEDGE BEFORE AND AFTER TRAINING ON ADULT BASIC LIFE SUPPORT

 

ABSTRACT

Introduction: Cardiorespiratory arrest (CRA) is characterized by the absence of response, pulse, and normal breathing. Approximately 60% of out-of-hospital cardiac arrest cases occur in the home. Immediate and high-quality basic life support (BLS) is essential for patient survival. Objective: Comparing and correlating the knowledge of medical freshmen before and after training on adult BLS. Method: quantitative, cross-sectional, prospective study, carried out with first-semester medical students from a private medical school in the Northwestern region of São Paulo. The same structured questionnaire developed by the authors was applied before and after a virtual theoretical training on adult BLS. The AHA guidelines were followed. The results were presented as frequencies and proportions, and the Mann Whitney, Shapiro-Wilk, Fisher's exact, and Pearson's Chi-square tests were used for the correlation tests for statistical significance, with p <0.05 as the significance parameter. Results: The sample comprised 35 participants. The average score before training was 5.6/10 points and after training was 8.5/10 points, representing a 51.7% improvement in student knowledge. Regarding statistical correlation, 11 questions showed p<0.05 when compared pre and post-training. Conclusion: The study in issue has conferred a positive result on the students' learning, besides highlighting the importance of the theme for them. After the lesson, most participants reported feeling prepared to help in the treatment of a cardiorespiratory arrest.

 

Keywords: Cardiopulmonary resuscitation. Emergency. Medical education. Learning. Education.

Referências

AMERICAN Heart Association. Suporte básico de vida. Manual do profissional. Estados Unidos: AHA, 2016.

BALDI, E. et al. Final- year medical students’ knowledge of cardiac arrest and CPR: We must do more. Int J Cardiol. v.296, p.76-80, 2019. Disponível em: https://www.internationaljournalofcardiology.com/article/S0167-5273(19)32072-8/fulltext

BOAVENTURA, A. P.; MIYADAHIRA, A. M. K. Programa de capacitação em ressuscitação cardiorrespiratória com uso do desfibrilador externo automático em uma universidade. Revista Gaúcha de Enfermagem. v.33, n.1, p.191-4, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rgenf/a/VSp54TFgQbDdX8LpdpmNLrJ/?format=pdf&lang=pt

GUIMARÃES, H. P. et al. A história da ressuscitação cardiopulmonar no Brasil. Rev Bras Clin Med. v.7, p.238-44, 2009. Disponível em: https://historiapt.info/pars_docs/refs/4/3349/3349.pdf

GUIMARÃES, N. S. et al. Aumento de óbitos domiciliares devido a parada cardiorrespiratória em tempos de pandemia de covid-19. Arq Bras Cardiol. v.116, n. 2, p.266-71, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abc/a/fs34LkMFFPV4V54CkKNmhkj/?lang=pt

HAFEN, B. Q. et al. Primeiros socorros para estudantes. 10. ed. São Paulo: Manole, 2014.

JESUS, A. A.; SOUSA, A. M. Treinamento em primeiros socorros para o leigo. Revista extensão e Cidadania, v.3, n.5, p.47-59, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/recuesb/article/view/2601/2154

LIMA, P. O. et al. Fatores determinantes no atendimento a vítima de parada cardiorrespiratória pelos serviços pré-hospitalar. HU Rev., v.45, n.4, p. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/27273/20086

MORETTI, M. A. et al. Retenção das habilidades de ressuscitação cardiopulmonar nos estudantes de medicina. Arq Bras Cardiol. v.117, n.5, p.1030-35, 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abc/a/v6zfJt3QCdBV3S86CrcKKjz/?format=pdf&lang=pt

PEREIRA L. F. et al. A importância do treinamento de ressuscitação cardiopulmonar (RCP) em leigos: uma revisão integrativa. Uningá Journal. v.8, n. 58, eUJ3224, 2021. Disponível em: http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/3224/2376

RODRIGUES, M. S., GALVÃO, I. M.; SANTANA, L. F. Utilização do ABCDE no atendimento do traumatizado. Revista de Medicina, v. 96, v.4, 2017, p.278-280. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revistadc/article/view/123390

ROLDÃO, A. C. C. M.; OLIVEIRA, F. M. Percepção do conhecimento sobre parada cardiorrespiratória dos graduandos em medicina de uma universidade pública com metodologia ativa de ensino. 2018, 72 f. Graduação (Trabalho de Conclusão de Curso) - Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, SE; 2018. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/9770/2/ANNE_CHRISTINE_CARDOSO_MORENO_ROLD%c3%83O%26FERNANDA_MACHADO_OLIVEIRA.pdf

SANTOS, M. S. et al. Conhecimento da equipe de enfermagem do setor de hemodiálise sobre o atendimento a parada cardiorrespiratória. HU Revista. v.43, n.4, p. 375-381, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/2924

SIMÕES, R. L. et al. Atendimento pré-hospitalar à múltiplas vítimas com trauma simulado. Rev Col Bras Cir. v.39, n.3, p.230-37, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rcbc/a/7ntKYjswzL6JwBmBfFBxWsS/?lang=pt&format=pdf

Downloads

Publicado

2022-09-08

Como Citar

KATER, T. M. B. .; ROBERTO, F. A. A. .; LIMA, G. G. de .; PAULA NETO, A. de .; OLIVEIRA, J. B. de A.; BERETA-VILELA, R. P. AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE CALOUROS DE MEDICINA ANTES E APÓS TREINAMENTO SOBRE SUPORTE BÁSICO DE VIDA NO ADULTO. UNIFUNEC CIENTÍFICA MULTIDISCIPLINAR, Santa Fé do Sul, São Paulo, v. 11, n. 13, p. 1–11, 2022. DOI: 10.24980/ucm.v11i13.5637. Disponível em: https://seer.unifunec.edu.br/index.php/rfc/article/view/5637. Acesso em: 6 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)