PSICOLOGIA BASEADA EM EVIDÊNCIAS: NÍVEL DE CONHECIMENTO DOS ACADÊMICOS DO QUARTO ANO DO CURSO DE PSICOLOGIA DE UMA UNIVERSIDADE DO INTERIOR PAULISTA

Autores

  • Arthur Rezende Vilela FORTUNATO Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Rafael Peruzzolo de JESUS Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec
  • Alexandre dos SANTOS Centro Universitário de Santa Fé do Sul - Unifunec

Palavras-chave:

Psicologia, Baseada, Evidência, Pratica

Resumo

A utilização da atuação Baseada em Evidência surgiu no Brasil nos anos 90 na medicina e posteriormente começou a ser utilizada por outros profissionais de saúde. A Psicologia Baseada em Evidência surgiu neste contexto com a proposta de atuação clínica com o propósito de investigar nas produções cientifica de maior confiabilidade a melhor conduta psicoterápica adequada para determinada psicopatologia.  A proposta da psicologia Baseada em Evidência é referenciar a tomada de decisão conforme as evidenciam científicas comprovadas para aquele fenômeno evitando então condutas baseadas no mero subjetivismo do profissional. Tendo isto em vista, o objetivo da presente pesquisa é investigar o nível de conhecimento dos acadêmicos sobre a prática baseada em evidência. A metodologia utilizada foi a pesquisa de campo de cunho quantitativo, apopulação foi constituída pelo universo de 40 acadêmicos. No gráfico 1, a demonstra pouco conhecimento da Prática Baseada em Evidência, chegando a 71,4% dos discentes que relataram ter pouco conhecimento sobre este assunto e 14,3% dos entrevistados relataram ter nenhum conhecimento desta prática. Os resultados obtidos nesta pesquisa, mostrou que os discentes apresentam conhecimento limitado em construir conceitos e noções reflexivas, para desenvolver base nos estudos e produções cientificas evidenciando pouco conhecimento no que concerne a prática da Psicologia Baseada em Evidência.

Downloads

Publicado

2021-04-06